7 de março de 2010

Análise técnico-táctica ao plantel do Porto

Na sequência da colaboração de Luís Freitas Lobo fica aqui uma análise técnico-táctica ao plantel do Porto. Perguntarão os leitores porque aqui damos tempo de antena a equipas que lutam pela manutenção, responderà o blog "boa piada, mas aqui quem faz rir sou eu e é bom que fiquemos entendidos"

Helton- A versatilidade em pessoa. Capaz de num momento estar a dar um frango do outro mundo e no momento seguinte estar a tocar um pagode na sua inseparável guitarra.

Nuno- O eterno guarda-redes suplente, conta no seu currículo com uma brilhante contribuição para o título do Porto: quando alinhava pelo Desportivo das Aves e na última jornada sofre 4 golos da sua equipa do coração, oferecendo-lhes assim o título.

Beto- Alterna entre o banco e a bancada com a mesma competência que alterna entre frangos a remates fáceis com colocações de bola soberbas nos pés do adversário.

Bruno Alves- Digno de uma impulsão sem igual, sente-se frustrado por ainda não ter sido impulsionado do Dragão para fora.

Rolando- Central bastante promissor, no sentido em que promete ao mister que no próximo jogo não errará tantas vezes. Foi convocado a selecção de Queiroz, tal como Edinho e Eliseu.

Maicon- É suplente de Rolando. Será necessário dizer mais alguma coisa?

Nuno André Coelho- Dado o seu nome e as evidentes complicações que decorreriam de colocar tal enormidade na camisola, Jesualdo poupa os esforços de logística e nunca o coloca a jogar.

Fucile- Para ser titular na temível selecção do Uruguai tem de jogar na ala contrária.

Álvaro Pereira- Para ser titular na temível selecção do Uruguai tem de jogar mais avançado no terreno.

Miguel Lopes- Era para ser o futuro lateral-direito da selecção nacional. A colocação de Tomás Costa na sua posição acabou com esse sonho.

David Addy- Sabendo que o Gana iria estar no Mundial, David Addy foi a solução encontrada para o Porto ter um jogador nessa competição. O facto de vir substituir Benitez pode causar-lhe pressão extra.

Raul Meireles- Tal como a figura bíblica Sansão, cortar o cabelo fez-lhe perder a força futebolística. Talvez tenha sido trocado por algum ucraniano.

Guarín- O Porto tem um jogo importante: Guarín é titular, o Porto precisa de dar a volta a um resultado: Guarín entra em campo, o Porto quer segurar um resultado: Guarín entra em campo. Sim, o Guarín que não jogava no St. Etiènne.

Belluschi- Foi contratado para substituir Lucho González. Quando Pinto da Costa disse isso aos directores do Olimpyakos (ex-clube de Belluschi), estes deslocaram o queixo de tanto se rirem.

Valeri- Uma opção a ter em conta nos sempre complicados jogos da Taça contra equipas de divisões inferiores.

Tomás Costa- É de louvar ter uma capacidade de passe que faça com que o seu penteado não seja a sua característica mais ridícula.

Fernando- Agrediu um árbitro pela selecção do Brasil sub-20. Aí Jesualdo não teve dúvidas, era o jogador que tinha de contratar!

Ruben Micael- Uma contratação fantástica que não precisou de adaptação: o meio campo do Porto estava igualzinho à Madeira, sua terra natal.

Mariano González- Jogou no Inter e alinhou pela selecção argentina. Não, não é piada.

Cristián Rodríguez- Conhecido com Cebola, não por fazer chorar os seus adversários mas sim os companheiros de equipa quando percorre quilómetros sem passar a bola.

Hulk- Desde que foi suspenso o Porto começou a marcar mais, jogar melhor e defender com mais segurança. Isto diz tudo sobre a sua qualidade.

Varela- Depois de controlar a Amadora, transferiu-se para o Porto de modo a estar mais perto dos contactos que tem no Cerco, na Ribeira e em Aldoar.

Falcão- O Benfica estudou a sua contratação. Acabou por avançar para Weldon e Keirrison.

Farías- A sua qualidade e o seu apego ao clube são tão grandes que o Porto anda a tentar dispensá-lo há dois anos, sem sucesso.

Orlando Sá- Um dia Orlando Sá transformou-se e marcou 3 golos à selecção sub 21 de Espanha. Depois voltou ao normal, fraco, fraquinho.

3 comentários:

Dylan disse...

Dá-lhes Sansão!

http://dylans.blogs.sapo.pt/

PitZ disse...

És o maior (=

Siegfried disse...

Wenger gostou da tua análise :D

Publicidadezinha